VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR

terça-feira, 2 de agosto de 2016

PROJETO QUE INSTITUI PADRONIZAÇÃO DE TAMANHO DE ROUPAS SERÁ DISCUTIDO QUINTA-FEIRA

A ausência de um padrão de modelagem e de numeração de roupas, no Brasil, é um problema tanto para consumidores como para comerciantes.
Comissão discute projeto que institui padronização de tamanho de roupas
A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara dos Deputados reúne-se, na quinta-feira (4), para discutir o Projeto de Lei 2902/15, da deputada Soraya Santos (PMDB-RJ), que institui a...
padronização de tamanho de peças de vestuário.
Luis Macedo / Câmara dos Deputados
Audiência pública sobre os planos de produção e estímulo à modernização de industrias nacionais. Dep. Marcos Reategui (PSC-AP)
Marcos Reategui: ausência de padrão de modelagem e de numeração de roupas constitui um problema tanto para consumidores quanto para comerciantes
evento foi proposto pelos deputados Helder Salomão (PT-ES) e Marcos Reategui (PSD-AP), este último relator da proposta no colegiado.
“No Brasil, a ausência de um padrão de modelagem e de numeração de peças do vestuário constitui um problema tanto para consumidores quanto para comerciantes, havendo uma grande necessidade de se discutir sobre a necessidade da padronização do tamanho das roupas”, afirma Marcos Reategui.
“Ao nosso ver, medidas tão relevantes para o setor têxtil e do vestuário devem ser debatidas exaustivamente com representantes dos vários segmentos envolvidos no processo, uma vez que a modelagem é uma informação que exerce grande influência na decisão de compra do consumidor”, acrescenta o parlamentar.
Convidados
- o presidente do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), Luís Fernando Panelli Cesar;
- o presidente da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), Pedro Buzato da Costa;
- o presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), Rafael Cervone Netto;
- o diretor da Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX), Edmundo Lima;
- o diretor da Escola Senai "Francisco Matarazzo", Marcelo Costa;
- o diretor-executivo do Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil do Senai / CETIQT, Sergio Motta;
- a diretora-presidente da Associação pela Indústria e Comércio Esportivo (Ápice), Marina Carvalho;
- o presidente da Marisol S.A., Giuliano Donini; e
- o diretor executivo da Sizebay, Marcelo Motta Bastos.
A reunião ocorrerá no plenário 5, a partir das 9h30.
Fonte: Agência Câmara Notícias
Respeite o direito autoral.
Gostou? Clique, visite os blogs, comente. É só acessar:

BELA ITANHAÉM

TROCANDO EM MIÚDOS

"CAUSOS": COLEGAS, AMIGOS, PROFESSORES

GRAMÁTICA E QUESTÕES VERNÁCULAS
PRODUÇÃO JURÍDICA
JUIZADO ESPECIAL CÍVEL (O JUIZADO DE PEQUENAS CAUSAS)

e os mais, na coluna ao lado. Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.
Um abraço!
Thanks for the comment. Feel free to comment, ask questions or criticize. A great day and a great week! 

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches
Postar um comentário

ITANHAÉM, MEU PARAÍSO

ITANHAÉM, MEU PARAÍSO
Quando o sonho se transforma em realidade

QUEM SOU EU?

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

Arquivo do blog